Monday, July 14, 2014

Nosso placar na História


Nosso placar na História

Desde que nosso amigo Pedro chegou por essas bandas, muita coisa estranha aconteceu. Muita coisa boa, mas muita coisa ruim também. Deve ter sido bonito, certamente, ver aquelas caravelas chegarem, misteriosas, aventureiras, empolgantes, nessa linda terra de Deus.
Logo a seguir, porém, começou. Não sei se havia muito serviço ou se o pessoal não era muito chegado “no batente”, o fato é que tentaram escravizar os índios. Como eles não quiseram se submeter, foram acabando com eles. Ainda bem que uns poucos estavam escondidos na mata distante. Ficaram para remédio, se é que tem remédio isso tudo. Depois foram buscar os escravos lá longe, na África. Que barbárie! E assim foi. Tivemos também um rei fugido de Portugal: que lugar melhor que esse para se esconder do Napoleão? Fomos sede do Império e tudo mais. O Chico bem lembrou o sonho de então: “Esta terra ainda vai se tornar um imenso Portugal”. Depois de tudo que aconteceu e do jeito que está Portugal agora, até que não seria mau. Depois tivemos guerras fingidas, golpes bem dados, outros nem tanto. Tivemos até uma ditadura da qual muita gente ainda gosta. A esse respeito disso, vi um vídeo em que a moça falava que nada daquilo tinha acontecido: a tortura. Nunca ninguém viu. Estão vendo como é importante fazer tudo no porão?  A corrupção sempre tivemos, quem não sabe? No porão e fora dele: em todo lugar.

Ao contrário do que se pensa, porém, existe muita gente boa e honesta. Geralmente não falam muito. Eles são o golzinho que fizemos contra a Alemanha naquele jogo fatídico. O resto, foi um imenso 7 a 0. Já tivemos esse placar inúmeras vezes, só que não foi no futebol, por isso que ninguém viu. Se aprendermos a jogar justo na vida política, no social, vamos chegar lá. Ganhar de dez a zero como cidadãos. O resultado no futebol, então, vai ser só uma consequência.

<><><><><><><><><><><><><> 

Novo lançamento no Clube dos Autores: Essa vida da 
gente

No comments:

Post a Comment