Tuesday, December 27, 2016

Sussurro

Sussurro



Estou sempre me apaixonando por palavras. Outro dia foi por “sussurro”. Tenho ou não razão? Ela é cheia de sons, de onomatopeias, de “esses”...Aliterações. Nem preciso pronunciá-la para sentir toda sua sensibilidade “sussurrando” nos meus ouvidos. Até suspiro. Aliás, acho até que ela é parente de “suspiro”, pelo menos foneticamente falando. Não sei se quando o sussurro, quero dizer, a palavra “sussurro”, foi criada, pensaram em todas essas considerações, em todas essas sensações. Se não pensaram, foi uma sensacional coincidência de sons.

Não sei se fica bem a gente ficar sentindo essas coisas por palavras que, afinal, não são pessoas. Não é só por seres vivos que devemos sentir afeição? Pensando bem, acho que essas danadinhas são mais vivas que muita gente. Causam emoção, comoção e até sensação.  Por isso, preciso sussurrar em seu ouvido, algo que descobri. Desconfio que “sussurro” tem coração e que,  até bate mais forte que o de muita gente que conheço...



=============

À procura de Lucas


Para adquirir este livro no Brasil 

Clique aqui  ( e-book: R$ 7,32 / impresso: R$ 27,47)

Para adquirir este livro nos Estados Unidos 

No comments:

Post a Comment