Sunday, July 12, 2015

A Criação: o Sétimo Dia


A Criação: o Sétimo Dia



No princípio o homem era só uma célula. Isso foi há bilhões de anos atrás. Foi a primeira etapa.
Aquilo era um pouco sem graça, então a célula se desenvolveu e, sem pressa, ficou complexa, evoluindo para a forma de peixes, répteis, insetos, anfíbios, dinossauros e finalmente mamíferos.
Depois, há 65 milhões de anos atrás, os pobres dinossauros desapareceram, por causa de um asteroide desastrado que não sabia navegar e acabou estacionando em um local proibido: a península de Yucatán. Esse foi o triste fim da segunda etapa.
Há 200 mil anos atrás a gente começou a ficar com a cara da gente mas acho que você não vai querer, agora, se parecer com a cara que a gente tinha então. Foi a terceira etapa.
Os humanos começaram a ficar mais ousados. Começaram a ter certeza que eram melhores que os outros. Viajaram pelo mundo, se espalharam. Haviam começado com ferramentas simples, feitas de pedra, depois se sofisticaram. Já sabiam fazer catapultas e outras coisas mais. Pegaram um gostinho pelas guerras, passaram a se organizar, falar línguas diversas. Acho que alguns tinham até partidos políticos. Foi essa a quarta etapa.
Chegou uma hora em que o Criador inicial – agora nós criamos também - achou melhor dar uma conferida em tudo, pois as coisas estavam indo de um tal jeito que já era para se preocupar. Fez umas regras novas, avisou todo mundo para ter cuidado e depois se foi. Alguns acham que não foi ele que fez isso. Falam que foi o Maomé, o Buda, etc. A gente tem de respeitar a opinião dos outros.
O fato é que depois disso foi uma correria. Muita coisa aconteceu. Aprenderam a fazer livros, fazer regras, elaborar. Organizaram a Terra e o Universo dentro de regras bem claras. Parece que tudo ia bem. As coisas estavam se comportando de acordo os estatutos da Ciência que o homem escreveu. Alguns pequenos e insignificantes detalhes não se encaixavam. Coisa mínima. Um dia, além de tudo que já sabiam, aprenderam a voar. Era a quinta etapa.
Estavam um pouco aborrecidos, sem nada o que fazer, parece que tudo já havia sido descoberto. Então resolveram fazer duas guerras grandes, daquelas de arrepiar. Só para variar.  Um estrago danado. Daí, é claro, começaram a refazer tudo, tim-tim por tim-tim. Começaram a pensar melhor em tudo. Inclusive naquelas coisinhas que não se encaixavam na Ciência. Tem gente que não pode sossegar. Cutuca daqui, cutuca dali e fizeram a tal da Física Quântica. Uma coisa doida. Junto com ela começaram a fazer uns aparelhos doidos, conseguiram até ir para a Lua. Agora, estão pensando em Marte. Nem vou contar dos outros aparelhos que saíram por aí, até para fora do sistema solar.  Falam até em coisas esquisitas como...Eu não queria falar, mas tem gente que acha que o nosso mundo nem existe, é tudo imaginação, um negócio virtual, que não tem nada a ver com virtude, que por sinal se tornou coisa rara. Outros falam que tem outros mundos e que a Maria desse nosso mundo pode existir num outro. Não sei se lá ela se chama Maria Segunda ou Airam, ao contrário. Talvez “Mariah” faça mais sentido. Enfim, acabaram até com a indivisibilidade do átomo, dizendo que ele pode ser picado muito mais, em pedacinhos tão pequenos, tão pequenos, que nem sei... É o fim da picada!
Enfim, a coisa está muito complicada. Estão até falando que o Criador vai vir de novo para dar um jeito nessas coisas. De qualquer forma, essa é a sexta etapa, nem sei quando terminou, se é que já terminou.
A sétima etapa era para a gente descansar, parar com tudo isso, parar com essa loucura. Não é no sétimo dia que a gente descansa? Até Ele descansou!
Entretanto, não sei não. Esse povo não está com jeito de parar. Nem com furacão, nem com terremoto, nem com tsunami. Asteroides? Nem com isso eles se importam. Por isso que ainda não estamos na sétima etapa e, para dizer a verdade, eu nem sei se ela vai chegar. Essa turma não quer dar uma folga.
Quero dizer, não é todo mundo. Tem gente que está descansando desde o dia em que nasceu... Eles já começaram no sétimo dia!

o0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o

Histórias do Futuro

Para adquirir este livro no Brasil 



Para adquirir este livro nos Estados Unidos 

Clique aqui (e-book: $3.99 impresso: $11.98)


No comments:

Post a Comment